Saímos da Cavalaria Vermelha e entramos em O Idiota… os estilos são completamente diferentes e no início tentei encontrar uma relação artística entre os dois… muito difícil pra mim primeiro pela diferença de narrativa, e segundo pelo problema de ler em uma língua que não é a minha. Eu fico sempre com essa sensação que nunca consigo pegar completamente a mensagem do autor.

Ainda estou muito no início na leitura (peguei o livro esse fim de semana), e a gripe também não me deixou adiantar demais… mas a princípio gostei muito de como o autor introduz a estória e apresenta o ambiente… tive facilidade de visualizar a sua visão mesmo com o problema da língua. Dessa vez não li os prefácios e introdução, e fui direto no livro… apesar de gostar de ler esses textos iniciais, fui pega pela preguiça (ops…. cansaço)… mas prometo tirar um tempinho para ver o que os textos introdutórios me contam.

De resto é continuar a leitura… vamos ver o que o Dostoiévski tem pra nos contar🙂

Boa leitura pra vocês