Oi pessoal,

Antes de tudo, tenho que desejar um 2009 cheio de coisas boas, inclusive leituras boas pra todo nós!

E se depender do primeiro livro do ano, estamos feitos!!! O Lino escolheu um tema maravilhoso: romances policiais… e a primeira leitura do ano, O Falcão Maltês, é uma delicia!!!!!

O livro ja começa com detetives, assassinatos, uma estatueta mística, e por ai vai…. é daqueles livros que você senta e se delicia!!! A vontade de ir atrás do filme assim que terminar de ler é grande!!!!🙂

Mas vamos as primeiras impressões:
Estou lendo em português, graças a Dani… então a leitura vai mais rápida e a minha impressão é que a estória é bem alinhavada e bem fácil de ler.. só que agora não sei se é porque estou lendo em português, se o livro é bom mesmo, ou se as duas coisas… no ponto em que estou (metade do livro) voto nas duas coisas.🙂

As personagens são bem interessantes… nós seguimos os passos de um detetive chamado Samuel Spade que se mete numa confusão quando é contratado por uma moça para seguir o suposto namorado da irmã.

Uma coisa que me chamou atenção é a frieza do detetive… eu lendo cada linha do livro e ficando cada vez mais espantada (e nervosa) com a estória se abrindo, e ele sempre ali, frio… como se já soubesse de tudo, tendo sempre a resposta certa ou a maneira certa de agir.

Me fez lembrar um amigo médico que trabalhava em uma emergência no Rio de Janeiro, ele era totalmente frio com relação as pessoas….
Será que sou estranha também? Somente por ser engenheira? As vezes acho que não tenho paciência para certo tipo de gente e ligo ao fato de eu ser uma pessoa que estudou muitas ciências exatas…

O interessante é que uma parte do que somos vem conosco, da nossa infância… outra parte tendemos a adaptar… seja por uma profissão perigosa, que lida com sentimentos, emoções ou mesmo porque ficamos o dia inteiro olhando para um computador cuspir números…

Bem ou mal, o Spade é uma personagem muito rica, que se esconde muito bem por trás da frieza de um detetive particular… espero que as próximas páginas me mostrem mais sobre a personalidade dele… o lado mais humano e vulnerável… aquele que comete erros!!!
Talvez isso nem seja importante na estória… mas gostaria de vê-lo um pouco mais parecido comigo… compartilhando com pelo menos um pouco do meu espanto e nervosismo enquanto caminhamos juntos pelas páginas do livro.🙂

Boa leitura pra vocês!!