Lembra aquela imagem famosa do malandro carioca, apreciador da boa vida, do dinheiro fácil e da fartura de mulheres??? Pois é, eu que sempre achei que esse malandro era criação nossa, brasileira, que era a caricatura do carioca eXperto (nada contra os cariocas, por favor!!!) me surpreendi com o livro!!!

O malandro é portugês!!! Ou melhor, é o Chalaça!!! Ele adora uma vida fácil, vive às custas dos outros, detesta trabalhar, adora a noite, os bares, os jogos, as bebidas e as mulheres!!! Só falta o paletó branco e o chapéu de palha!! Pelo menos é como o autor pinta o retratado no livro que é o diário perdido do Chalaça!!

Daí que fui eu procurar fatos históricos pra saber se o cara realmente era malandro ou se é tudo licença poético do Torero. Achei esse artigo na wikipedia que confirmou, em parte, minhas conclusões.

Diz o artigo sobre ele: “era o alcoviteiro, o oportunista, o intermediário de negócios escusos, o financista, o conselheiro do imperador, a alma danada que contribuiu para a preservação no poder do Partido Português e para a neutralização de homens públicos”

Além de tudo o homem tinha uma sorte que eu nunca vi!!! Filho bastardo teve um pai “decente” que o educou, depois preso por tropas francesas conseguiu fugir, perdeu e ganhou novamente a amizade de D. Pedro e acabou rico!!

E então, é ou não é o pai de todos os malandros cariocas e brasileiros?!!?

Ah, segundo o artigo suas últimas palavras foram:

“Padre José, eu amei demais as mulheres e o dinheiro…”

Mil beijos, Dani

Anúncios