Uma coisa que achei linda no livro foi a amizade das avós. O jeito delas de saber o que a outra pensava ou sentia, a forma de se comunicar, mesmo em silêncio. Como disse no outro post me apaixonei por elas e só depois de baixar o livro e parar pra pensar sobre ele comecei a ver coisas que me incomodaram…

Uma delas foi a separação da Roz porque o marido se sentia excluído. Eu já presenciei uma amizade assim, que não precisa de mais ninguém e onde duas amigas se bastam… pode até ser algo lindo e gostoso de vivenciar mas é cruel com aqueles que amam as amigas e são mantidos sempre do lado de fora!! A amizade que não tem espaço pra liberdade é como aquele amor bandido que isola e separa os amantes de todas as outras pessoas amadas.

O ser humano precisa de amor mas o amor verdadeiro não isola, não poda nem impede mais amor. O amor verdadeiro atrai ainda mais amor e cria cada vez mais vínculos e mais laços!! Então fico pensando… será que a Roz e a Lil se amavam mesmo ou era só uma sensação de posse que impedia que elas amassem outras pessoas?!?! O que vocês acham??

Beijos, Dani

Anúncios