Antes de comecar meu post gostaria de anunciar que semana que vem teremos a maratona Lino Resende aqui no Clube do livro. Lino publicara sua resenha em sete capitulos. Nao percam ! Logo apos a maratona Lino, cada autor do Clube do livro publicara tres posts conclusivos com suas impressoes gerais sobre o livro e com isso finalizaremos esse tema e daremos inicio a outro que sera liderado pela Cissa.

Anuncio feito, voltamos ao que interessa: o Admiravel Mundo Novo!

Ate o ponto em que estou no livro, dois pontos me chamaram bastante a atencao. O primeiro eh o condicionamento que ja foi apresentado aqui no Clube do Livro pelo Lino e depois complementado por um comentario muito legal da Sciliar. Outro ponto que me chama atencao eh a questao da sexualidade, que eh banalizada juntamente com o conceito da familia. No entanto, nao quero discutir esses temas sem ter terminado de ler o livro completamente, portanto, assim que eu acabar de ler irei elaborar os meus tres posts incluindo esses temas e mais um que ainda definirei.

No entanto, nesse post de hoje, pegando o bonde que o Alvaro tocou sobre “antecipacao” e dando de certa forma continuidade ao discutido pelo Lino e redirecionando a questao do condicionamento a educacao, muito bem lembrado por Sciliar com a publicacao nos comentarios da figura abaixo. A figura se trata de uma charge que Sciliar encontrou e que foi publicada no final do seculo XIX como uma previsao de um futuro automatizado para a educacao. E nao eh que foi justamente no final do seculo XIX e inicio do seculo XX que o behaviorismo nasceu ? Pensando por esse aspecto, se a pscicologia nao tivesse tomado outro rumo, certamente estariamos em uma situacao bem parecida com a charge abaixo.

Ao ver essa figura imediatamente me lembrei das “maquinas de ensinar”de Skinner. Nao consegui colocar esse video do you tube aqui, mas para quem ainda nao viu vale a pena conferir- clique aqui e veja la). Skinner foi um dos papas em psicologia experimental e praticamente o criador do behaviorismo radical. O livro chamado
“Psicologia da maneira como eh vista pelos Behavioristas” foi publicado por volta de 1910 e com isso o Behaviorismo se tornou uma especie de febre na psicologia ate a decada de 70. Se pensarmos por esse ponto de vista fica facil entender de onde veio toda a ideia de condicionamento descrita em Admiravel Mundo Novo, que foi escrito em 1932 quando o condicionamento era a moda da epoca.

Outra coisa que me chamou atencao no livro foi a citacao a hipnopedia – que eh a educacao atraves do sono. Ate onde sei, nao existe nenhuma comprovacao cientifica de que isso funciona. No livro eles argumentam que a hipnopedia falha quando utilizada para a educacao intelectual, mas que misturada com o condicionamento era capaz de fazer implementacoes morais em um individuo, ja que educacao moral nao eh racional. Com isso eles eram capazes de psicologicamente implementar a divisao das castas.

Agora me diz, quem ai ja nao pensou como seria bom poder dormir e acordar falando uma outra lingua ? Ou com todo o conteudo da prova na ponta da lingua ? Ja conheci gente que ate dormia com o livro debaixo do travesseiro porque dizia a lenda que no dia seguinte iria lembrar de tudo.

A questao eh, como ja previa o livro, a educacao intelectual nao eh facil de adquirir e eh necessario muito esforco. No entanto, para a moral, nao eh necessario nem estar dormindo. Como ja foi citado aqui inumeras vezes nos comentarios, a sociedade ja nos faz isso o tempo todo, nos bombardeando com coisas que sao certas e coisas que sao erradas de fazer dentro de um contexto de comportamento classificado por sei la quem, talvez a igreja, como sendo normal. Essa eh a educacao condicionada que temos ! Nossa educacao moral eh tao bem condicionada quanto em Admiravel Mundo Novo o era. A unica diferenca eh que a deles se da dormindo e a nossa se da em plena consciencia.

Beijos astronomicos para a todos e tem um otimo domingo !

Lys

Anúncios