Meu livro chegou a alguns dias e ainda nao passei do primeiro capitulo. Palavras como “algidez hibernal” ficaram batendo em minha mente juntamente com a descrição do ambiente laboratorial. Isso em um dia em que vc está mais para cadáver do que para gente!

Tentando nao levar em conta o que foi dito sobre o livro aqui, principalmente nos comentários, que por mim viravam sub-post, trago a baia uma alucinação antiga do tempo em que a maldade humana nua e crua bateu a minha porta e eu ingenuamente deixei entrar. Escolhas… livre-arbítrio… pra que??? Somo capazes de usar esse dom de forma correta? Porque não já nascermos, ou sermos criados, com nosso destino todo traçadinho e geneticamente manipulados para ser feliz assim?? Com duas garrafas de vinho, três frascos de tranquilizantes e meia dúzia de alucinógenos na cabeça não vejo problema nenhum nisso!

– Mas a vida não pode ser tão fácil assim Ciça!

Bom, se você acha fácil manter a lucidez sem chocolates e com TPM, vamos lá….

Não importa QUEM criou essa ordem. Ela existe e eu continuo achando ter sido uma variaçao natural do desenvolvimento humano. Um tanto retorcida, ok, bem retorcida para agradar um ou outro, mas para isso existe a tolerância, outro dom básico para a convivência social. Se ninguém tem o direito de impor, ninguém tem o dever de obedecer… mas todos temos de arcar com as conseqüências!

Anúncios